De manhã


Porque já dizia o velho ditado, Deus ajuda aquele que cedo madruga, realmente o dito popular está certo, porque aproveitei esse primeiro sabadão de outono, na minha opinião é a estação do ano com as cores mais bonitas.

Segue alguns clicks sem compromisso, os melhores de se fazer.

Posto 6, lagoa, Praia Brava, Itajaí/SC

Posto 6, lagoa, Praia Brava, Itajaí/SC

Marambaia, Praia Central de Balneário Camboríu/SC

Uma manhã de sol na praia central de Balneário Camboriú/SC

Pé na água

Motivo bom para se acordar cedo, Praia Central de Balneário Camboriú/Sc

Surf no Marambaia, Balneário Camboriú/SC

Surf no Marambaia, Balneário Camboriú/SC

Marambaia, Balneário Camboriú/SC

 Marambaia, Balneário Camboriú/SC

Surf longbord no Marambaia, Balneário Camboriú/SC

Surf longboard no Marambaia, Balneário Camboriú/SC

nascer do dia-107

Molecada logo cedo na água.

nascer do dia-108

Na volta pra casa vejo esse par de olhos azuis….

Todos direitos reservados. Copyright © 2013 Flávio Tin. All rights reserved.

Polícia

Polícia encontra container roubado em uma oficina em Itajaí-SC

Foto publicada no dia 22 de maio de 2012 no jornal Diário do Litoral – Diarinho.

Literalmente em casa.

Uma pauta especial, pois comecei a fotografar por causa do surf e depois de algum tempo sem estar na praia para fazer uns cliques, fui “obrigado” a ir à praia de 4 Ihas em Bombinhas para encontrar e fazer umas fotos com Alejo Muniz, argentino radicado no Brasil desde do primeiro ano de idade.

Em uma tarde  linda com uma luz maravilhosa, o mar na cor esmeralda e um final de swell de leste que proporcionava um meio metrinho de onda, foram suficiente um belo fim de tarde na praia de 4 Ilhas.

Como o tempo para reportagens são sempre curto,  Muniz surfou apenas 3 ondas em uns 10 minutos, mas o suficiente para obter umas imagens boas. Assim que terminamos Alejo Muniz se despediu e voltou para seu descanso entre as etapas do mundial, que é surfar com os amigos no quintal de casa.

Todos direitos reservados. Copyright © 2011 Flávio Tin. All rights reserved.

Retratos de 100 anos

Senhor Manoel Reis nascido em Canelinha/SC, retratado um dia após completar um século de vida. Para a reportagem sobre as pessoas com mais de 100 anos que vivem na região do Vale do Rio Tijucas.

Maria Balbina a 2ª mulher com mais idade no estado de Santa Catarina, com seus 109 anos, religiosa devota de Santa Paulina, conta sobre a vida, a família, os netos, os bisnetos e a tataraneta que acabou de lhe enviar o convite de formatura.

Manoel Reis – Canelinha/SC

Maria Balbina – Tijucas/SC

Todos direitos reservados. Copyright © 2011 Flávio Tin. All rights reserved.


Precisa-se de Água.

Depois de muita chuva e a enchente, o que mais falta é água potável. Certeza o bem mais precioso. Mas a atitude de solidariedade ajuda a repor a necessidade de água.

Todos direitos reservados. Copyright © 2011 Flávio Tin. All rights reserved.

Heróis de uma tragédia.

Heróis? Não, apenas pessoas comuns que deixaram de fazer seus afazeres para socorrem vitimas de mais uma grande enchente que abalou 80% da cidade de Itajaí nos últimos três dias.

Os voluntários colocaram os barcos nas ruas alagadas para fazer o transporte, levar mantimentos e água para pessoas que se encontravam em suas residências e ainda auxiliram na segurança das casas que ficaram vazias. Como Lisandro Kurts, 36 anos, portuário, que desde sexta-feira rema a embarcação no bairro do Carvalho na companhia de Evandro Rampaletti, o “Tóia”, 38 anos, portuário, onde ajudaram o Sr. Antonio Casagrande, 60 anos, representante comercial, desabrigado de sua morada e abrigado na casa de dois andares do vizinho da frente, o Sr. Antonio diz, “Olha só, minhas gavetas e os objetos das minhas pratileiras boiando do lado de fora da casa.”

As ruas cheias de água de Itajaí lembram as vias da cidade de Veneza, mas no lugar de gôndolas, o que se transitavam eram bateiras, barcos de alumínios, botes e jet skis, com seus pilotos experientes como o Marcio Dalmolim, 44 anos, comerciante, que na companhia de amigos e familiares prestaram assistências à diversos bairros como o Carvalho, Ressacada e Itamirim, eles lembram que viram diversas pessoas passando fome, sede e muitas coisas estragadas pelo caminho. Outro herói dessa jornada é o Sr. Artur D’avila, 52 anos, técnico agrícula, que emocionado disse “As pessoas estão com os seus semblantes tristes, é muito ruim ver todo esse estrago da cheia”, D’avila ajudou mais de 60 famílias em diversos bairros da cidade.

Apesar do cansaço, os atos heróicos dessas pessoas comuns marcam mais uma vez a história de Santa Catarina, como nos anos anteriores o estado está pronto para mais uma reconstrução.


Remador Lizandro Kurtz auxilia moradores do bairro do Carvalho.

Bairro do Carvalho

Bairro Itamirim
Marcio Dalmolim pilota embarcação pelas ruas de Itajaí
Mantimentos para os Atingidos pela cheia
Preparação de cestas básicas por voluntários no Parque da Marejada.
Porto de Itajaí sem operação de cargueiros devido a correnteza do Rio Itajaí-Açu.
Todos direitos reservados. Copyright © 2011 Flávio Tin. All rights reserved.

Enchente Santa Catarina – 2011 – Canelinha e São João Batista

No dia 09/09/11 as águas invadiram diversos municípios do estado de Santa Catarina. Eu e  a minha colega Ana Maria precisamos nos deslocar da cidade de Tijucas para Canelinha e São João Batista, todas localizadas na regiào do Vale do Rio Tijucas.

Ao chegar em Canelinha, vimos o rio Tijucas com uma correnteza forte tomar conta de vários bairros e isolando comunidades, fomos ao encontro das pessoas que se retiravam do loteamento Fazenda Vitória, onde inumeras casa estavam com água dentro e as familias inteiras saindo do local.

Mas precisavamos ir para São João Batista e a pista da Sc-411 que interliga os municípios estava alagado em dois trechos, ambos com mais de 1,5 de água. A primeira parte passamos de barco e junto com o pessoal do bombeiros, arrumamos uma carona até o segundo ponto com água na rodovia, onde espera um bote para pegar o pessoal dos bombeiro e mais eu e a repórter. Após atraverssamos e de carro seguimos a São João Batista. Visitamos alguns bairro e voltamos de carona em um Jipe Troller  para Canelinha. Com água acima do capô do carro atravessamos os dois pontos cheio d’água da SC-411.

Visitamos alguns lugares em Tijucas e depois de algumas voltas para conseguir avançar pelas ruas alagadas da cidade, retornamos a redação do Notícias do Dia, uma jornada de 9 horas com muita água e muita tristeza pelo povo atingido.

Bairro Fazenda Vitória – Canelinha/SC – 09/09/11

SC-411

Centro de São João Batista/SC – 09/09/11

Bairro Ribanceira do Sul – São João Batista/SC – 09/09/11

Bairro Nova Descoberta em Tijucas – 09/09/11

Todos direitos reservados. Copyright © 2011 Flávio Tin. All rights reserved.